Sobre ela…

Suas mãos ainda tinham tinta seca de sua última aquerela. Como criança, não se importava com o quanto suas mãos ficariam sujas, com tanto que seus pensamentos fossem expressados num papel branco. Sempre quis vê-la pintar. Como sua mão pega o pincel; como seus olhos avaliam as cores; como seus dedos levam ao pincel, e … Mais Sobre ela…

Fragmentos de cada viver

Somos, em essência, grande parte do que encontramos em nossos caminhos. Somos a soma dos cafés que bebemos, das bocas que beijamos, dos corpos que despimos, das quedas que tivemos, as viagens que fizemos, ou as que deixamos de fazer, dos abraços que demos…

Nosso roteiro:

Eu vou deixar a casa arrumada só pra ver você tirar cada coisa do lugar e fazer a “sua” bagunça, dizendo que, na verdade, está arrumando. Vou fazer um café e preparar a vida pra te ver entrar e aceitar tudo.

Eu quase te amei…

Cheguei bem perto até. Foi como um tiro que era o alvo. Foi como um carro que por pouco não atropelou a velhinha que atravessava a rua. Foi como crédito que cai no celular por acidente. QUASE aconteceu, mas não.

E se…

“E” e “se” são duas palavras que, quando usadas separadamente não causam ameaça alguma, mas quando usadas juntas, podem assombrar uma vida inteira.

Amar é…

O amor não é perfeição. Amar é possibilidade de entrega. Amor é mais do que qualquer poeta possa ter tentado descrever, porque sabe, algumas coisas não precisam de explicação.